terça-feira, 31 de maio de 2011

Cuspindo no prato em que comeu

"No Avaí eu era o 'Neymar ou o Ganso' de lá, guardadas as proporções. Aqui tem o Douglas, e tem de respeitar o espaço dele. Eu não me acho a última bolacha do pacote. O mais importante é o clube."
Marquinhos Santos, em sua apresentação ao Grêmio, se achando o rei da cocada preta e desprezando seu antigo clube e a qualidade de seus ex-companheiros de equipe. 

Feirão do Carianos!



Movimentação intensa hoje na Ressacada. No mesmo dia em que Marquinhos foi apresentado ao Grêmio, nos chegam as seguintes notícias:
  • Renan não é mais do Avaí. Comprado pelo Banco BMG, deverá ser apresentado no Parque São Jorge nos próximos dias. Oficialmente todos negam, mas o negócio está fechado. Aleks passa a ser nosso único goleiro. Rezem para que ele não se machuque.
  • Estão para desembarcar na ilha o zagueiro Welton Felipe (futebol chinês), o volante Marcos Paulo (formado na base do Avaí e ex-Coritiba) e o atacante Misael (ex-Vasco). Todos através da LA Sports.
  •  Além de Pedro Ken (ex-Atlético MG), chegará através do empresário Malaquias o zagueiro Dirceu (ex-Coritiba e Botafogo SP).
Estou curioso. Vamos torcer para dar certo e que haja tempo suficiente para remodelar o time. Já estamos entrando em junho, e espero que as experiências do Silas não recomecem do zero. Poderia ser fatal.

    Médico morto

    segunda-feira, 30 de maio de 2011

    Nem tudo está perdido...

    Tiras de costela... Depois ainda reclamamos da vida...

    Sofredores!

    Registro feito pelo fotógrafo do excelente site Quero Ver Gol, no dia 28/05/2011:

    Curtinhas do Avaí

    • Acabou a novela Marquinhos Santos. Confirmada sua ida para o Grêmio. Boa sorte, Galego. Chega desse assunto.
    • Pedro Ken, meia do Cruzeiro e ex-Coritiba, é o novo reforço avaiano. Deve apresetar-se ainda esta semana.  Expectativa.
    • Renan deve renovar com o Avaí. Seu contrato, que ia até 2012 será prolongado até 2015 e seu salário passará de R$ 3,8 mil para R$ 30 mil. Bom investimento.
    • O empresário esportivo Luíz Alberto, da LA Sports anunciou em seu twitter que entre 4 e 5 reforços chegarão ao Avaí nos próximos dias. Virão em boa hora.
    • William estará de volta na partida contra o Santos. Está liberado pelo departamento médico e será peça importante na nossa busca pelos primeiros pontos no Brasileirão. Avaianos torcem por uma vitória santista na Libertadores para que a competição continue sendo a prioridade do time da Vila Belmiro.
    • A torcida do Brocolense pagou por anúncio em outdoor fazendo alusão à nossa desclassificação na Copa do Brasil. Até nisso eles buscam inspiração em nós, que fomos os pioneiros em 2007. Ô torcidinha sem criatividade...

    Algumas considerações

    1- Marquinhos foi, é e sempre será ídolo na Ressacada. O que ele já fez pelo Avaí ninguém tira. E todos sabemos do carinho que ele tem pelo clube.

    2- Sua saída para o Grêmio nada tem a ver com as vaias que levou contra o Atlético Mineiro. Ele apenas as usou como desculpa para não ficar mal no filme. Iria embora mesmo que saísse aplaudido de pé pela torcida. Ele vai para Porto Alegre porque vão lhe pagar mais e por um contrato de 3 anos, e com 29 anos de idade não pode desperdiçar uma oportunidade dessas. Futebol é profissão para ele, enquanto para nós é paixão. Não queiram comparar porque é sacanagem.

    3- A torcida avaiana não cometeu nenhum crime vaiando o time. Três derrotas vergonhosas e consecutivas tiram qualquer um do sério. Quem quiser aplausos, que faça por merecê-los. E quem vestir a camisa do Avaí precisa honrá-la.

    4- O Avaí está perigosamente brincando com fogo. Não há nenhum time fraco no Brasileirão e cada vitória será suada. Pontos perdidos no início do campeonato certamente nos farão falta mais pra frente. Para piorar, nossa próxima partida é com o Santos, na Vila Belmiro. Temos grandes chances de não pontuar novamente.

    5- Os reforços prometidos estão demorando demais para chegar. Se for sair mais alguém do time, que saia logo para podermos definir nossa equipe e até onde pretendemos chegar com ela.

    domingo, 29 de maio de 2011

    Sabadão com a família e o Avaí

    Artur participando do evento da Turminha do Leão

    Montando o quebra-cabeças da Turminha do Leão

    Cíntia e Artur estréiam na Toca do Leão

    Cíntia feliz com seu ingresso

    Pai e filho na Toca

    Ah! Eu sou da Mancha!

    Que friaca!

    Me engana que eu gosto...

    Não vou dizer nada. Leiam e tirem suas próprias conclusões:

    "Eu só vou sair do Avaí a partir do momento que a torcida me mandar embora ou o presidente não quiser mais. "
    Marquinhos Santos, dia 20/05/2011, após os primeiros boatos que estaria de saída para o Grêmio

    "Aconteceu. Mas depois de tudo que a gente fez pelo clube, é isso que a gente ganha em troca."
    Marquinhos Santos, dia 28/05/2011, após ser vaiado por sua displicência em campo contra o Atlético Mineiro

    Subimos no telhado!

    Para quem não conhece, existe uma historinha segundo a qual ao comentar o falecimento de alguém, primeiro devemos dizer que tal pessoa subiu no telhado. Mais tarde avisamos que ela caiu do telhado. Depois que ela está muito mal. Por último, avisamos que a pessoa morreu. Tudo isso para evitar o choque que uma notícia dessas pode causar a terceiros, lhe fornecendo informações de forma gradual. Pois bem, o Avaí subiu no telhado...


    Perdemos mais uma, e novamente de forma humilhante. Os poucos avaianos que se prontificaram a passar frio e comparecer à Ressacada ontem saíram de lá entre frustrados e emputecidos com a apatia do time. Apesar de sairmos na frente, tomamos 3 gols e garantimos a lanterna isolada do Brasileirão, com um saldo de 6 gols negativos em apenas 2 partidas. Uma equipe sem vontade, um técnico infantilmente teimoso, um ídolo procurando uma justificativa para deixar o clube (ver post acima), e um craque no banco de reservas. Não preciso citar nomes, todos sabem quem são. É pouco ou quer mais? É justo que reclamem da falta de paciência da torcida?

    Estamos no início de um longo campeonato, mas já desperdiçamos 6 importantes pontos que podem nos fazer muita falta mais à frente. Para piorar, nossa próxima partida será contra nada mais nada menos que o poderosíssimo Santos, em plena Vila Belmiro. O que vai ser feito até lá? Reforços serão providenciados? O desmanche será evitado? Haverá alguma novidade no comando técnico do time? Confesso que não estou muito otimista. Se é para se fazer algo, que se faça imediatamente. Talvez ainda dê tempo de descer do telhado.

    quinta-feira, 26 de maio de 2011

    Até que a morte nos separe!



    Enfim...

    • Perdemos merecidamente. Fizemos uma péssima partida e levamos um banho de bola do Vasco, que confirmou que joga melhor fora de casa. 
    • Nossa torcida fez a parte dela, acreditou no time e encheu a Ressacada. Saiu de lá triste, pois não viu seu time do coração jogar.
    • A derrota foi coletiva, com poucos jogadores atuando bem. Eu destacaria Renan, Estrada e Marcinho Guerreiro como os melhores avaianos em campo.
    • Chegamos longe na competição. De 64 equipes, ficamos à frente de 60. Tivemos grandes emoções e o clube arrecadou bem.
    • Serão necessários reforços para o resto do ano, principalmente nas laterais, onde sofremos ofensivamente e defensivamente. E uns e outros deveriam ser dispensados.
    • A vida segue, toca o barco. Não nos tornamos nem mais nem menos avaianos por causa de uma derrota. Sábado enfrentaremos o Atlético-MG, e uma vitória seria muito benvinda.
    • Aos secadores, informo que só perde aquele que disputa.

    quarta-feira, 25 de maio de 2011

    A Roupa da Sorte

    Se até ontem à noite eu estava relativamente tranquilo, hoje ao acordar caí na real. Logo procurei minha camisa do Avaí no guarda-roupas. Não poderia deixar de usá-la neste grande dia. Não a encontrando, corri até o varal e lá estava ela, linda mesmo virada do lado avesso. É com ela, já desvirada, que vos dirijo estas palavras.

    Falando nisso, você lembra a roupa que estava usando nas últimas vitórias avaianas? Confira imediatamente se ela está à sua disposição para hoje à noite. Se ela estiver suja, borrife um desodorante e use-a mesmo assim. Se estiver molhada, aproveite este restinho de sol para secá-la, ou a coloque atrás da geladeira (tá, eu sei que isso não é recomendado, mas faça assim mesmo).

    A minha roupa da sorte, que usei na Ressacada contra o São Paulo e em casa na primeira partida contra o Vasco, é um moleton do Avaí, que hoje vai passear comigo até o Carianos. Na partida contra o Flamengo, eu estava lidando com um fogão à lenha e o calor me obrigou a tirá-lo. Um equívoco que nos custou caro. Ficou claro que veio daí nossa derrota. Assumo a minha enorme parcela de culpa e espero que um dia nação azurra me perdoe por este enorme descuido. Hoje prometo ficar com ele do início da partida até o apito final. Pretendo, além disso, repetir todo o ritual que precedeu nossa vitória sobre o São Paulo. Chegar cedo, tomar cerveja nos mesmos lugares e participar da recepção aos jogadores. Espero não estar esquecendo de nada.

    Com a sorte não se brinca, amigos!

    Na foto acima, a grande responsável pela excelente campanha avaiana até aqui.

    terça-feira, 24 de maio de 2011

    Coisa horrorosa! Os gols mais perdidos da história!

    video

    Façamos história!

    Quarta-feira, 25 de maio de 2011. A data do jogo mais importante nos 88 anos de existência do Avaí Futebol Clube. Às 21:50 nosso time entrará em campo perante um estádio lotado com a missão de eliminar o forte e tradicional time do Vasco da Gama na semi-final da Copa do Brasil. 

    Após termos deixado para trás equipes como o Botafogo e o São Paulo, a confiança da torcida nos nossos jogadores é grande, principalmente pela determinação demonstrada por estes dentro de campo. Com todos os contratempos surgidos, entre suspensões, contusões e boatos infelizes, eles têm feito a parte deles. A diretoria também fez o que lhe cabia, buscando reforços, embora ainda insuficientes, e praticando uma política de preços voltada para que jogando em casa o Avaí possa contar com o apoio de seus torcedores, sejam eles sócios ou não. O terceiro vértice desse triângulo, fundamental para que tudo aconteça da melhor maneira possível, somos nós torcedores. Tudo indica que teremos um excelente público nessa partida, possivelmente casa cheia. E é essa força extra, vinda das arquibancadas, que pode transformar nossos atletas em heróis sobre-humanos. 

    Nesse momento histórico para o clube, é nossa obrigação dar todo o apoio que ele precisa. Não basta comparecer, é preciso apoiar o time desde o primeiro minuto, vaiar cada toque adversário na bola, pressionar a arbitragem em cada lance do jogo e botar o caldeirão pra ferver. Vamos participar da batalha, não apenas observá-la. Quem ainda não tem seu ingresso na mão, corra! Eu não ficaria de fora dessa.

    Está chegando a hora!

     Vídeo para empolgar a Nação Azurra!

    sexta-feira, 20 de maio de 2011

    "Só saio daqui a partir do momento que não me quiserem mais”



    As palavras acima pertencem a Marquinhos Santos, nosso camisa 10, cada vez mais ídolo dentro e fora de campo. Fazem referência a uma especulação que ele poderia estar de partida para o Grêmio. Não convém insistir nesse assunto, principalmente num momento como o atual do Avaí, na etapa final de uma competição importante como a Copa do Brasil. Não podemos desviar nosso foco. Quem quiser saber mais sobre o assunto, clique aqui. Boa, Galego!

    ÉU! ÉU! ÉU!
    MARQUINHOS É DO CRÉU!

    Hino do Avaí na guitarra!

    Deu a louca no Zunino!

    Quer ver a semi-final da Copa do Brasil na Ressacada, numa cadeira coberta, pagando apenas R$ 30,00? O Avaí deixa! Não tem desculpa para não ir. Trânsito melhorado, preço de pai pra filho, e ainda protegidinho da chuva, no bem bom? O que mais você quer? Um beijo do Zunino? Temos o dever de lotar o estádio e jogar junto com o time. Os avaianos de verdade estarão lá.


    Promoção de ingressos para Avaí x Vasco
    Com dois bilhetes da Timemania, você poderá assistir a decisão por R$ 30,00

    Promoção especial para o jogo decisivo contra o Vasco, na Ressacada. O torcedor avaiano que fizer duas apostas na Timemania poderá adquirir ingressos ao preço de R$ 30,00 para os setores C e E (cadeira coberta). Serão 2 mil bilhetes promocionais. A venda se dará de forma antecipada nos dias 23 e 24 de maio (segunda-feira e terça-feira) nas bilheterias da Ressacada das 9h às 19h.

    É importante informar que cada ingresso poderá ser comprado com pelo menos duas apostas da Timemania. Cada aposta apresentada terá o seu recibo carimbado no verso, proibindo a reutilização para compra. Serão válidas apostas feitas de 20 a 24 de maio.

    Assista a este jogo decisivo por um preço especial e ainda ajude o Avaí a continuar entre os vinte clubes com maior arrecadação na Timemania. No mês de abril, o Leão da Ilha subiu de 21º para 20º lugar no ranking nacional, voltando a figurar no grupo de clubes que divide a maior parcela de recursos da loteria, o que dá melhores condições para investimentos em contratações e na melhoria das instalações da Ressacada.

    No dia 25 de maio, data do jogo Avaí x Vasco, o ingresso para os setores C e E custarão R$ 80,00, portanto, terá o preço normal aplicado para venda.

    Já que eles não mostram...

    Quando a revista Playboy apontou o Avaí como um dos prováveis rebaixados neste Brasileirão, uma certa rede sul-brasileira de TV, toda assanhadinha resolveu dar destaque à matéria, que ainda dizia, entre outras coisas, que o Brocolense se firmaria na série A e brigaria por uma vaga na Sul-Americana. 

    Não devemos nos esquecer que a revista, especializada em mulher pelada,  pertence à Editora Abril e não possui nenhum vínculo com as Organizações Globo. Isso torna ainda mais estranho o fato desta mesma rede de TV ter ignorado solenemente uma reportagem do Globo Esporte com um grupo de 10 especialistas que indicavam seus favoritos ao título e ao rebaixamento. Ocorre que dentre estes 10, nada menos que 10 colocaram o Brocolense na zona da degola, e todos, sem exceção, colocaram o Avaí em posição acima de seu rival. Resolveram nem tocar no assunto. Querem ler a matéria? Aqui está ela.

    Devo-lhes dizer que nunca fui adepto de teorias da conspiração, mas as suspeitas sobre o favorecimento desta rede televisiva a certo time são antigas, e ao meu ver cada vez mais facilmente comprováveis. Se fosse apenas uma questão de simpatia por este ou aquele time, tudo bem. Acontece que a confiança que um time desperta movimenta bastante dinheiro, sob a forma de investimentos e patrocínios. Pense bem, você preferiria ver sua marca associada a um time que será rebaixado ou a um time que fará uma boa campanha no Brasileirão?

    Já que eles não mostram, a gente mostra. E é por isso que cada vez mais os avaianos buscam informaçoes na blogosfera.

    quinta-feira, 19 de maio de 2011

    Meio caminho andado

    Mais um grande passo foi dado ontem rumo à final da Copa do Brasil. Com toda a pressão de jogar num estádio lotado apoiando nosso adversário, o Avaí fez bonito mais uma vez. Poderia ter sido melhor, é verdade, mas o resultado está longe de ser ruim. Um empate em 1x1 com o Vasco da Gama em pleno São Januário nos permite acreditar fortemente na classificação para uma eventual final contra o Coritiba ou o Ceará. 

    Numa bela partida, com ambas equipes mostrando qualidade, saímos na frente com um golaço de Julinho no segundo tempo, e acabamos levando o gol do empate através de um pênalti pra lá de duvidoso, já nos acréscimos da partida. Esse resultado nos permite jogar por um empate por 0x0 na partida da próxima quarta, na Ressacada. Obviamente a vantagem é pequena, e o Avaí não pode jogar em busca desse placar. Precisamos buscar os gols desde o início para aumentar nossa dianteira. Deu pra perceber que a equipe vascaína é rápida e perigosa, e todo cuidado é pouco. Nossas vantagens estão no espírito combativo e na garra dos nossos jogadores, que estão dando a alma pelo time, e na força da torcida quando jogamos em casa. Nos cabe agora lotar a Ressacada e ajudar o Leão a escrever mais uma página de sua gloriosa história. Falta muito pouco para isso.

    Vejam os melhores momentos da partida:

    terça-feira, 17 de maio de 2011

    Novo manto!

    Uma mais linda que a outra. Se eu pudesse, compraria todas.Clique nas imagens para vê-las ampliadas.




    Yan na Ressacada!

    Curtinhas do Avaí


    Muitas novidades hoje. Segue um resuminho:
    • Terminou há pouco a apresentação dos novos uniformes do Avaí. Acompanhei pelo twitter. Aparentemente tudo muito lindo. Quando conseguir imagens, postarei aqui.
    • Felipe e Acleisson serão os substitutos de Diogo Orlando e Estrada, suspensos, no jogo de amanhã contra o Vasco. Os relacionados embarcaram hoje para o Rio de Janeiro. Vejam a lista :
      Goleiros - Renan e Aleks
      Laterais - Julinho, Romano e Gustavo
      Zagueiros - Gustavo Bastos e Emerson Nunes
      Volantes - Bruno, Marcinho Guerreiro, Revson, Acleisson e Fabiano
      Meias - Marquinhos, Marquinhos Gabriel e Robinho
      Atacantes - William, Maurício Alves, Felipe e Evando
    • O atacante Fábio Santos, que marcou 10 gols pelo Oeste no Campeonato Paulista, está oficialmente no Avaí. Será apresentado quarta-feira na Ressacada. Que estufe muitas redes esse ano!
    • Sumiram com o bandeirão do Figueirense que estava hasteado no Estreito, em local público. Ganha a cidade e perde a poluição visual.
    • Fizemos bonito no ranking divulgado hoje pela Conmebol. Ocupamos a 56º posição na América do Sul e a 14º entre todas as equipes brasileiras. Vejam o ranking completo aqui.

    segunda-feira, 16 de maio de 2011

    É isso aí, Yan!




    Este pequeno grande avaiano das fotos acima chama-se Yan Pereira da Silva. Querem saber o que ele faz ali? Leiam matéria do site do Avaí e depois assistam ao vídeo abaixo:

    Um verdadeiro Avaiano de berço
    Garotinho Yan Pereira da Silva escolheu o Avaí para torcer

    Por essa o pai de Yan Pereira da Silva não esperava. Na noite do último dia 11 de maio, o torcedor do São Paulo, Marcus Adriano da Silva, que é morador da Lagoa da Conceição, foi até o aeroporto Internacional Hercílio Luz recepcionar a delegação do São Paulo, que jogaria na quinta-feira, 12, contra o Avaí, na Ressacada, em partida válida pela Copa do Brasil.

    Vestiu seu filho Yan, de três anos, com a camiseta do São Paulo e buscou chegar o mais próximo possível dos atletas.

    Quando ainda esperava a chegada, a reportagem da TVBV, (repórter Simoni Malagoni e cinegrafista Serjão), entrevistou os dois.

    Foi ai que o pai de Yan descobriu para qual time seu filho torcia: AVAI!

    Logo que a matéria foi ao ar, a assessoria de imprensa do Avaí entrou em contato com a gerência de marketing do clube e a homenagem foi articulada.

    Na tarde desta segunda-feira, 16 de maio, o torcedor avaiano Yan esteve no estádio da Ressacada com seus pais Marcus Adriano da Silva e Natula Braz Pereira.

    Na ocasião, o Avaí Futebol Clube presenteou Yan com um Kit Infantil oficial.

    Após a entrega do Kit, Yan foi para o treino, no CFA, onde jogou bola com os atletas profissionais e conversou bastante com o técnico Silas.

    Prisão do técnico do São Paulo!

    sexta-feira, 13 de maio de 2011

    Coisa boa a caminho

    “Basta o Mauro Galvão ou o Zunino me ligarem que eu estou indo para o Avaí”
    Goleiro Eduardo Martini

    Leiam mais aqui.

    Sabem quem está de aniversário hoje?

    Ela!


    Parabéns, Ponte Hercílio Luz, por enfeitar Floripa durante esses seus 85 anos de vida!

    Fizemos mais uma vez

    Foto: Flávio Neves/Agencia RBS

    “Esse Avaí faz côsa”. Não tenho a menor idéia de quem pronunciou pela primeira vez nem como surgiu essa frase, quase uma sentença, que está na ponta da língua de cada avaiano quando temos um grande desafio pela frente. Ela serve para nos dar confiança quando estamos desacreditados. É como se uma entidade sobrenatural, manezinha e avaiana fanática, se encarregasse de alterar o destino a nosso favor, amaldiçoando aqueles que querem nos ver sofrer.

    Misticismo, superstição, ou seja lá o que for, o fato concreto é que ontem o Avaí fez novamente “côsa”. E da maneira mais clássica. Começando o jogo já em desvantagem, fruto do placar adverso da partida em São Paulo, tomamos um gol aos 15 minutos. Aquilo que já era difícil, vencer o temido tricolor paulista, tricampeão mundial, tornou-se missão quase impossível. Se antes precisávamos vencer por 2 gols para nos classificarmos, agora precisaríamos virar a partida, não tomar mais nenhum e marcar 3. Essas contas foram feitas na cabeça da cada avaiano naqueles inevitáveis segundos de luto e silêncio. Sem se deixar desanimar, aos berros, a torcida fez o que lhe cabia fazer e 1 minuto depois viu William igualar o placar. Tsunami azul e branco. Embora distante, voltávamos a sonhar com a classificação. A certeza veio, ao menos para mim, quando Bruno marcou nosso segundo. Ali eu vi que o multimilionário São Paulo Futebol Clube estava em maus lençóis.

    Quem conhece o Avaí sabe do que estou falando. Não deu outra. Aos 30 segundos do segundo tempo, Marquinhos Gabriel fechou o placar. Algumas substituições dos 2 lados indicavam que aqueles 45 minutos que restavam seriam nervosos e que jogaríamos no contra-ataque até o final da partida. A verdade é que sem desrespeitar o São Paulo , o Avaí foi superior durante todo o tempo. No finalzinho, em cobrança de falta, Acleisson ainda acertou uma bomba estremecedora na trave deles, só para que todos ficassem bem cientes disso. Com o apito final, foi partir para o abraço e sair em busca de algo gelado para recompensar as gargantas já sem voz pelo excelente trabalho que fizeram. A côsa já estava feita.

    Vejam abaixo os melhores momentos da partida:

    Problemas no Blogger

    Não foi possível postar nada antes por problemas técnicos. Predi inclusive uma postagem de ontem, que foi para o além. Tomara que tudo volte ao normal.

    quarta-feira, 11 de maio de 2011

    Curtinhas do Avaí


    • Informação de última hora: 900 ingressos para o setor E da Ressacada estarão sendo vendidos a R$ 30,00. A informação já consta no site do Avaí. Meus aplausos à diretoria, que atendeu ao apelo de boa parte da torcida. É pra lotar a Ressacada e fazer a bola entrar nem que seja no grito!
    • Zé Carlos não faz mais parte do Avaí. Está de saída para o Paraná Clube, de Curitiba. Amanhã nosso segundo goleiro será o jovem Aleks. Valeu por tudo, Zé!
    • Cássio não joga amanhã. Um estiramento na panturrilha o tirou da partida. Nossa zaga será formada por Bruno, Gustavo Bastos e Revson, o artilheiro da última partida. Olha a responsa, gurizada!
    • O Avaí estará arrecadando, antes do jogo de amanhã, alimentos não perecíveis para o Recanto Silvestre, entidade de recuperação localizada em Biguaçu. A arrecadação começará às 19:00 horas, nos portões da Ressacada.

    Recepção aos jogadores

    terça-feira, 10 de maio de 2011

    Luzes de Florianópolis

    Deslumbrante ensaio fotográfico do fotógrafo Alan Pedro, da RBS. Como disse Vinícius de Moraes, que me perdoem as feias, mas beleza é fundamental.

    Cliquem nas imagens para vê-las ampliadas.












    Nos vemos quinta?

    Surrupiei este vídeo no excelente blog avaiano DNAzul, da Kk de Paula. Não consegui me conter.

    Barrados no Baile



    Creio que nesta quinta-feira poderemos ter uma boa amostra do que nos aguarda num futuro bem próximo, no Brasileirão, em termos de público e força das arquibancadas. Sem qualquer dúvida, será um dos jogos mais importantes da história azurra, que já dura quase 1 século. Estamos brigando por um título importantíssimo, uma glória até pouco tempo atrás nem sonhada por nós avaianos. 

    Era de se esperar uma mobilização gigante por parte da nossa diretoria, no intuito de literalmente entupir o estádio de gente, sejam sócios ou não. Sabemos que nessas condições o Avaí é imbatível, mesmo jogando contra equipes muito maiores, e exemplos disso não nos faltam. A impressão que dá é que a importância dos torcedores numa decisão (sim, para nós é uma decisão) não está sendo levada muito em consideração. Criaram uma promoção que foi feita para não funcionar, com ingressos mais baratos sendo vendidos somente através dos sócios. Não é cômoda nem para os sócios e muito menos para os não-sócios. Será que preferem lugares vazios aos torcedores não associados? Não vejo explicação. Medo de quê? De vaias? De tumulto? Medo que os sócios abandonem seus planos? 

    Me associei ao Avaí faz pouco tempo, pois não aguentava mais ter que ficar de fora do estádio. Pretendo agora estar sempre lá dentro vendo meu time de perto, com sol escaldante ou chuva gelada na cabeça, salvo motivos de força maior. Mas já estive no outro lado, o lado daqueles que são barrados através de ingressos com preços surreais. Muita gente não se associa porque tem motivos para isso. Ou a renda não é suficiente, ou suas profissões não permitem que sejam torcedores assíduos, ou moram longe, ou diversos outros fatores. Mas muitos deles são tão ou mais avaianos que muitos sócios, e poderiam contribuir com o clube. Fazendo um cálculo rápido, o ingresso mais barato custa 50 reais. Estacionamento, 10. Gasolina, uns 20. Se eu inventar de tomar 2 cervejas, mais 10. Só aí já são 90 reais. Isso no setor mais barato do estádio, que tem poucos ingressos à venda, e caso eu esteja desacompanhado. É muito difícil alguém gastar menos que isso. Resultado: estádio vazio e time desmotivado. Estamos no Brasil, não na Europa. 

    Reconheço que existe uma tendência mundial de elitização dos estádios, mas por aqui há um exagero muito grande. Pesquisem sobre os valores cobrados em outros estádios. Será que alguém acha que a Ressacada é mais moderna que o João Havelange ou que o Morumbi? Ou que a torcida do Avaí possui mais milionários que o Botafogo ou o São Paulo, situados em cidades infinitamente maiores que Florianópolis? Mas por lá foi possível assistir a jogos da Copa do Brasil por valores muito menores. Quem tiver curiosidade em relembrar os valores cobrados por lá, clique aqui e aqui. Se tivéssemos valores ao menos parecidos, a Ressacada seria o próprio inferno para os times visitantes.

    No meu entender, seria mais interessante um ingresso mais barato, mas comprado por um número maior de torcedores. Como sócio, não me sentiria nem um pouco chateado ou desprestigiado. Quinta-feira seria uma oportunidade sensacional para testarem uma redução no valor dos ingressos, e essa reclamação da torcida vem de muito tempo. Devolvam o Avaí para o povo, e o povo para o Avaí. De sobra, poderiam ganhar muito mais dinheiro avançando de fase na competição.

    segunda-feira, 9 de maio de 2011

    Prontos para a batalha?

    Eles estão a caminho. Estão se armando e elaborando as estratégias para nos atacar. Quinta-feira tentarão tomar nossa fortaleza e nos subjugar, isso é certo. Nos restam duas opções. Podemos aceitar covardemente que suas tropas nos encabrestem e nos releguem seu desprezo. Ou podemos nos pintar de azul para a guerra, desembainhar nossas espadas e escorraçá-los dos nossos domínios, mesmo que para isso coloquemos em risco nossas cabeças. Quanto vale nossa honra?


    Avaianos, vamos lotar a Ressacada e nos esgoelar para mostrar quem manda por aqui! Silas, nos surpreenda e bote o time pra frente, obrigando nosso adversário a recuar! Jogadores, deem seu suor e seu sangue por esta vitória!  Não podemos exigir nada menos que isso. Se iremos felizes ou tristes para casa após o jogo, não há como saber. Mas podemos muito bem ir de cabeça erguida, orgulhosos das cicatrizes da batalha. Estamos juntos!

    Receita do Avaí cresce 52% em um ano


    O segundo clube do país em crescimento de receita
    Avaí cresceu 52% em receita em 2010, ficando atrás apenas do Santos

    O Avaí desponta como o segundo clube do Brasil que mais cresceu em receita em 2010. A informação é da empresa de auditoria BDO RCS que divulgou o ranking nacional por receita total dos clubes. No ano passado, o Avaí teve uma receita de R$ 31,9 milhões que representa um crescimento de 52% em relação a 2009. Os dados do clube ficaram atrás apenas do Santos que foi o clube que mais aumentou a receita em 2010, com 66% de crescimento.

    Em 2009, no primeiro ano de Série A, o Avaí liderou o ranking nacional de crescimento da receita. Com R$ 21 milhões, o clube cresceu 152% em relação à temporada de 2008. Considerando o acumulado 2008-2010, o clube cresceu, em receita, 284%, o que mais cresceu no Brasil durante as três temporadas.

    No ranking nacional de receita total, o Avaí ficou em 15º lugar em 2010 com R$ 31,9 milhões de receita. Ou seja, o clube pulou quatro posições em relação a 2009, onde ficou em 19% com uma receita de R$ 21 milhões. Em 2008, com R$ 8,3 milhões, o clube ficou na 25ª posição.

    Em 2010, O Corinthians manteve a ponta no ranking de receita com R$ 212 milhões. Em segundo, ficou o Internacional com R$ 200,7 milhões e em terceiro o São Paulo com R$ 195,7 milhões.